Justiça autoriza a CCB Jandira a utilizar o nome Congregação Cristã no Brasil

Justiça autoriza a CCB Jandira a utilizar o nome Congregação Cristã no BrasilA Irmandade da nova Congregação Cristã no Brasil agradece à Deus por mais uma vitória em beneficio de Sua bendita Obra.

 

 

 

 

 

Na última quarta-feira, 14 de setembro de 2013, fomos informados que a Justiça deu ganho de causa à CCB Jandira autorizando o uso do nome Congregação Cristã no Brasil.

Confira, na íntegra, a sentença da Justiça:

Deus abençoe a todos.

 

 

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO

São Paulo

Apelação nº 0131145-59.2012.8.26.0100 - São Paulo - VOTO Nº 24.480 -

FERNANDA/ROGÉRIO/MARCELO/SABRINA/VANESSA/RENATO/ANA CAROLINA

VOTO Nº : 24.480

APEL. Nº : 0131145-59.2012.8.26.0100

COMARCA : SÃO PAULO

APTE. : ASSOCIAÇÃO DOS MEMBROS DA CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL

APDA. : CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL

 

PROPRIEDADE INDUSTRIAL Marca Organização religiosa Uso da expressão “Congregação Cristã no Brasil” por ambas as litigantes Expressões que, usadas separadamente carecem de  proteção Aglutinação dos vocábulos, porém, formam expressão única passível de proteção marcária Ação de obrigação de não fazer procedente Apelação parcialmente provida PROPRIEDADE INDUSTRIAL Marca Organização religiosa Uso da expressão “Congregação Cristã no Brasil” por ambas as litigantes Grupo dissidente da autora que organizou outra instituição religiosa com doutrinas, ideias, métodos e usos e costumes diferentes Possibilidade de erro ou confusão entre fiéis e potenciais fieis de uma ou outra Congregação Ação de obrigação de não fazer procedente Apelação parcialmente provida NOME EMPRESARIAL Pretensão da autora “Congregação Cristã no Brasil” à abstenção do uso de idêntica expressão (“Congregação Cristã no Brasil”) nos templos e nomes de domínio da ré Irrelevância do fato da autora não almejar lucro Direito de personalidade por equiparação (CC, art. 52), dentre os quais encontra-se o nome institucional, absolutos e imprescritíveis Possibilidade de ajuizar a qualquer tempo ação visando à proteção do nome empresarial da autora Ação de obrigação de não fazer procedente Apelação parcialmente provida PROPRIEDADE INDUSTRIAL Marca Organização religiosa Uso da expressão “Congregação Cristã no Brasil” por ambas as litigantes Pretensão da autora “Congregação Cristã no Brasil” à abstenção do uso de idêntica expressão (“Congregação Cristã no Brasil”) nos templos e nomes de domínio da ré Irrelevância do fato da autora não almejar lucro Hipótese em que endereço virtual da autora é mantido por doações de fiéis e patrocinado por empresas, que nela fazem merchandising Possibilidade de confundir fiéis e patrocinadores Ação de obrigação de não fazer procedente Apelação parcialmente provida. Recurso de apelação interposto por Associação dos Membros da Congregação Cristã no Brasil dirigido à r. sentença proferida pelo Dr. Márcio Teixeira Laranjo, MM. Juiz de Direito da E. 21ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de São Paulo que julgou procedente o pedido formulado por Congregação Cristã no Brasil para condenar a ora suplicante a abster-se do uso do nome e marca da requerente, promovendo a modificação de seu nome, dos domínios na rede mundial de computadores e dos seus templos, confirmando, assim, a antecipação dos efeitos da tutela jurisdicional. Consignou o i. Magistrado singular que embora a apelante tenha sido inicialmente constituída para representar seus associados “perante o Ministério e a Administração constituída da Congregação Cristã no Brasil” (fl. 490), passou a exercer atividade típica de associações religiosas, mantendo templos, instituindo ministros e realizando cerimônias de sacramentos, culminando com a modificação de seu Estatuto Social. Salientou que os frontispícios dos templos religiosos da ré-apelante trazem identificação religiosa idêntica à da autora apelada, havendo colidência de direitos, uma vez que ambas atuam como entidades religiosas. Ressaltou que a proteção da marca ou nome independe de conteúdo econômico, prevalecendo o direito da autora, seja pela anterioridade de seu nome ou em decorrência da propriedade industrial adquirida com o registro da marca mista, o que lhe garante proteção em todo o território nacional. Entendeu também que a semelhança entre os nomes dos templos religiosos “é capaz de criar confusão ao fiel de uma ou da outra igreja” e que embora a mera expressão “Congregação Cristã” não seja passível de proteção, o acréscimo do adjunto adnominal “no Brasil”, aglutinando as expressões, formam nome e sinal distinto “Congregação Cristã no Brasil”, merecendo a proteção concedida pelo INPI (fl.487-493). Em razões recursais afirma não utilizar o nome e sinais distintivos da apelada e que a expressão “Congregação Cristã no Brasil” não é de uso exclusivo. Alega que as litigantes não têm estilo próprio de construir, inspirando-se no estilo arquitetônico das Igrejas Batistas americanas, utilizado por várias denominações pentecostais.  Não fosse, isso, a autora registrou no INPI apenas a marca “CCB Congregação Cristã do Brasil”, sem direito de exclusividade, “havendo outro processo igual no que concerne a 'Congregação Cristã no Brasil'” (fl. 515). Tece considerações sobre os motivos da animosidade entre os membros das entidades religiosas e aponta para a existência de ação precedente ajuizada pela autora na Comarca de São Carlos com idêntico objetivo (fl. 508-522). Preparo e porte de remessa e retorno em fl. 523-525, complementado o porte em fl. 529. Contrarrazões em fl. 540-559 narrando que a réapelante é composta por membros dissidentes da autora, divergindo as litigantes em princípios, ideias, doutrinas e métodos. Por isso, “a confusão que possa existir da utilização do nome/marca da autora pela ré pode causar dano na medida em que a doutrina pregada pela ré será tida como a doutrina da autora” (com grifo no original, fl. 544). “Da mesma forma, qualquer compromisso ou ato praticado pela ré será automaticamente ligado à autora, já que não existem sinais distintivos entre ambas” (fl. 544). Sustenta que a liberdade de crença não autoriza o embaraço do livre exercício de qualquer religião e “não alberga a possibilidade de se tentar confundir aqueles que em busca de Deus pensam estar em uma doutrina e estão em outra” (fl. 545). Reitera o uso indevido do nome e da marca pela apelante, esta registrada na autarquia federal, conforme documento de fl. 65. Houve interposição de recurso dirigido ao recebimento do apelo apenas no efeito devolutivo (fl. 565-583), não conhecido nesta data por perda do objeto. É o relatório. O recurso é tempestivo. A r. sentença foi disponibilizada em 6 de julho de 2012 (sexta-feira), considerando-se publicada no dia 10 de julho, primeiro dia útil subsequente ao feriado comemorativo da Revolução Constitucionalista de 1932, que recaiu numa segunda-feira. O protocolo, por sua vez, ocorreu aos 23 do mesmo mês, dentro da quinzena legal iniciada em 11 de julho (fl. 500 e 508). Em relação à ação precedente ajuizada na Comarca de São Carlos, frise-se que as autoras são pessoas jurídicas distintas: a demandante daquele processo é a Igreja local, com sede naquela comarca, inscrita no CNPJ/MF 59.622.373/0001-47 (fl. 421); a desses autos, é a Igreja nacional, com sede na Capital paulista, inscrita no CNPJ/MF n. 61.526.398/0001-99 (fl. 2). Improcedente, pois, o argumento de tentativa de burla à distribuição. Ressalta-se, inicialmente, que os motivos da dissidência de membros da Congregação Cristã no Brasil desinteressam ao julgamento desta lide, adstrito à aplicação do Direito. Ao contrário disso, a divergência de doutrinas litúrgicas como descrito pela suplicada influencia no julgamento da lide, pois sendo divergentes, os fiéis estão sujeitos aos efeitos nefastos do uso indevido do nome e marca da autora. Esses efeitos nefastos não se restringem à confusão de doutrinas professadas, estendendo-se a máculas decorrentes de eventual ato ilícito praticado pela ré. Ora, embora a recorrente insista em negar, as fotografias por ela publicadas em seu endereço eletrônico (http://www.amccb. com/index.htm; disponível em 24 de julho de 2013; e fl. 76-91 e 404-405) demonstram o uso da expressão “Congregação Cristã no Brasil” em seus templos, acompanhadas de texto explicativo dos diferentes usos e costumes adotados nos cultos e entre seus fiéis, como a desobrigatoriedade do uso de véus, ternos e gravatas, e a possibilidade de as irmãs tocarem outros instrumentos além de órgãos. Esses costumes diferem em muito dos rígidos costumes da autora, onde mulheres e homens participam dos cultos, mas em lados opostos do templo. Além disso, alguns dos templos mostrados nas fotografias têm arquitetura idêntica aos notórios templos da autora, podendo induzir a erro os fiéis da autora e os potenciais fiéis de uma ou outra Congregação Cristã no Brasil. À evidência a adoção de nome e em alguns casos, arquitetura idêntica causa confusão entre pessoas religiosas ou que buscam uma religião, fato que, por si, já conduziria à procedência do pedido, independente da ordinariedade das expressões que formam o nome e marca da autora. Como bem destacou o i. Magistrado sentenciante, somente “o uso da expressão 'Congregação Cristã' efetivamente não induz exclusividade. Do mesmo modo, a integração do nome de nosso país na denominação de uma entidade religiosa também não é apropriável e, assim, não motiva a proteção buscada. Contudo, a aglutinação daquela expressão com o nome do país, formando o nome e sinal distintivo 'Congregação Cristã no Brasil', merece a proteção concedida pelo INPI e reconhecida neste Juízo. Assim, a autora não pode se voltar contra a utilização do termo 'Congregação Cristã' por outras instituições religiosas, mas a idêntica junção de tal expressão com o termo 'no Brasil', resultando em denominações semelhantes entre entidades religiosas diversas, confundindo os fiéis, constitui ofensa aos direitos da requerente, adquiridos pelo registro de seus atos constitutivos e de sua marca no INPI” (fl. 492). Nota-se que não somente a marca como o nome da instituição religiosa, enquanto pessoa jurídica, estão protegidos. No tocante ao nome, trata-se de direito de personalidade conferido a qualquer pessoa jurídica, tal como é tratada a recorrida, conforme interpretação dos artigos 44, IV, e 52, ambos do Código Civil. Consideram-se “direitos da personalidade aqueles direitos subjetivos reconhecidos à pessoa, tomada em si mesma e em suas necessárias projeções sociais. Enfim, são direitos essenciais ao desenvolvimento da pessoa humana, em que se convertem as projeções físicas, psíquicas e intelectuais do seu titular, individualizando-o de modo a lhe emprestar segura e avançada tutela jurídica” (FARIAS, Cristiano Chaves; ROSENVALD, Nelson. Direito Civil. Teoria Geral. 4ª ed. Rio de Janeiro. Lumen Juris, 2006, p.101-102). Em outras palavras, “os direitos da personalidade têm por objeto os modos de ser, físicos ou morais do indivíduo. O que se busca proteger com tais direitos são os atributos específicos da personalidade, sendo esta a qualidade do ente considerado pessoa. Em síntese, pode-se afirmar que os direitos da personalidade são aqueles inerentes à pessoa e à sua dignidade (art. 1º, III, da CF/1988) (Flávio Tartuce, opus cit., p. 84). A pessoa jurídica, embora seja pessoa ficta, é dotada de personalidade jurídica (CC/02, art. 45) e por isso possui direitos de personalidade por equiparação (CC/02, art. 52), compatíveis com sua natureza, tais como a imagem, a honra objetiva e o nome, esse denominado no direito societário como “nome empresarial”, e no caso concreto como “nome institucional”. Caso violado algum desses direitos de personalidade, a pessoa jurídica tem direito não somente à tutela inibitória, como também à reparação pelo prejuízo moral sofrido, consoante entendimento pacificado pelo Superior Tribunal de Justiça na Súmula n. 227 (“A pessoa jurídica pode sofrer dano moral”). Os direitos da personalidade, da pessoa natural ou jurídica, são intransmissíveis, irrenunciáveis, extrapatrimoniais e vitalícios, bem como absolutos, indisponíveis, impenhoráveis imprescritíveis. Lecionam Nelson Rosenvald e Cristiano Chaves de Farias: Os direitos da personalidade são absolutos porque possuem eficácia contra todos (ou seja, são oponíveis erga omnes), impondo-se à coletividade o dever de respeitá-los. É um verdadeiro dever geral de abstenção, dirigido a todos. Além do mais, a imprescritibilidade impede que a lesão a um direito da personalidade venha a convalescer com o passar do tempo, obstando a pretensão de assegurar o livre exercício do direito da personalidade. Inexiste, portanto, prazo extintivo para que seja exercido um direito da personalidade. Não se confunde todavia, com a prescritibilidade da pretensão indenizatória decorrente de um eventual dano à personalidade. Nesse caso (pretensão reparatória pecuniária), prescreve, normalmente, em três anos a pretensão de obter indenização pelos danos sofridos, inclusive decorrente de violação aos direitos da personalidade (CC, art. 206, § 3º, V). Imprescritível, assim, é a pretensão de garantir o exercício do direito, mas não a de reparar pecuniariamente um eventual dano sofrido. Exemplificando: se alguém, indevidamente, se utiliza da imagem de outrem, a pretensão de impedir que a pessoa continue se valendo daquela imagem não sofre limitação temporal, podendo ser exercida a qualquer tempo, porém em três anos prescreverá a pretensão de reparação pecuniária do dano causado à imagem. (Curso de Direito Civil Parte Geral e LINDB, 10ª ed.,Salvador, Juspodivm, 2012, p. 179). Recebendo o nome da instituição religiosa a merecida proteção legal e constitucional, não há como negar proteção à marca “Congregação Cristã no Brasil”, concedida em 27 de julho de 1988 (65). Se o nome identifica a organização religiosa nas suas relações civis como na locação de um prédio ou perante seus prestadores de serviços, como fornecedor de água e energia elétrica , a marca identifica o produto ou serviço perante os consumidores. É a expressão ou sinal pelo qual os consumidores identificam o produto ou serviço. Seu titular tem direito à exclusividade desde o registro no INPI. Conquanto a recorrida não tenha finalidade lucrativa, em seu endereço virtual os fiéis encontram produtos e serviços gratuitos, como hinos, hinários, bíblias on line, serviço gratuito de correspondência eletrônica (e-mail) e transmissão radiodifusora, dentre outros. Além disso, a página virtual é mantida por doações e patrocinada por empresas, que dela se utilizam para fazer merchandising (http://www.cristanobrasil.com/index.php; disponível em 24 de julho de 2013). Nesse contexto, é evidente que embora o objetivo social da autora-apelada não seja o lucro, a utilização indevida de sua marca e nome lhe acarretará prejuízo financeiro. Há mais: a proteção do nome institucional e da marca mista está intrinsicamente ligada, pois compostos de idêntica aglutinação de palavras. Assim, se conferida proteção ao nome, forçosa a proteção da marca. E sendo incontroverso que o nome da autora e sua marca são anteriores à constituição da ré-apelante, faz jus a recorrente à proteção almejada em todo o território nacional. O pedido de registro de marca deve ser depositado na autarquia federal Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), sendo evidente que a partir de seu depósito, e especialmente depois de sua concessão, o titular da marca pode garantir seu direito em qualquer Estado da Federação, observados os princípios da veracidade, da anterioridade e da especificidade. Nesse sentido já se pronunciou o Exmo. Sr. Desembargador Paulo Razuk na Apelação Cível nº 9169321-02.2008.8.26.0000, julgada em 13 de setembro de 2011: Isso significa que a marca registrada junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) dá ao titular o direito de uso e gozo exclusivo em todo o território nacional em seu ramo de atividade econômica, permitindo-lhe a defesa perante o uso indevido de terceiros. Não obstante, forçoso reconhecer a possibilidade de uso pela recorrente da expressão “Congregação Cristã no Brasil” desde que acompanhada da indicação de sua origem, isto é, da expressão “Ministério Jandira” de forma ostensiva nas fachadas de seus templos e em seus endereços virtuais, em caracteres com o mesmo corpo utilizado na expressão principal, ora discutida. Isso porque a doutrina, princípios e ideias são os mesmos, distinguindo-se apenas seus diretores e doutrinas litúrgicas. Em razão do exposto, por maioria de voto, dá-se parcial provimento ao recurso para permitir o uso da expressão “Congregação Cristã no Brasil”, desde que acompanhado da expressão “Ministério Jandira” em letras ostensivas nas fachadas de todos os seus templos e nos endereços virtuais da apelante. Vencido o 3º Desembargador, que negaria provimento ao recurso e declarará voto em separado.

RICARDO NEGRÃO

RELATOR

CLIQUE AQUI E CONHEÇA OS AUTORES DOS NOVOS HINOS DA CCB BRÁS (HINÁRIO 05)

Os comentários não representam a opinião do site; as responsabilidades são dos autores das mensagens.

 

Poste os seus comentários

  • Postado em 2014-05-07 14:53:43

    Quem Salva é Deus não a placa da igreja.

    Responder ao comentário

  • Postado em 2014-05-07 14:52:09

    apenas quem é espiritual esta vendo que a CCB bras jà não é mais de Deus,estamos com ccb mj a verdadeira obra de Deus.

    Responder ao comentário

  • Postado em 2014-05-07 01:48:44

    que deus abençoe este ministerio , ja era tempo de deus fazer coisas novas

    Responder ao comentário

  • Postado em 2014-04-07 09:19:55

    Que escândalo. Alguém ainda vai pagar por tudo isso.

    Responder ao comentário

  • Postado em 2014-04-05 12:52:24

    São as palavras de Deus se cumprindo. Os falsos profetas surgindo no meio do povo de Deus para enganar aqueles que não estão firmados na fé! Deus tenha misericórdia das nossas almas. É o fim dos tempos...

    Responder ao comentário

  • Postado em 2014-04-04 23:08:29

    povo de Deus,tem misericordia,esse povo nao tem mais o que inventar,ta na biblia que Deus perdoa pecado de morte?nao,mais isso nao sou eu que julgo..mais essa jandíra é pra confundir o povo de Deus,mais que tiver em Deus nao vai procurar outro caminho..:-(

    Responder ao comentário

  • Paulo

    Postado em 2014-04-03 19:48:58

    muito triste

    Responder ao comentário

  • Postado em 2014-03-21 13:02:42

    Desse geito q vai ganhar o galardao

    Responder ao comentário

  • Postado em 2014-03-14 17:21:48

    Espero que realmente estejam pensando no prosperar da "obra de Deus"

    Responder ao comentário

    • Postado em 2014-04-04 17:37:04

      eu nao vejo motivo . pois eu era da ccb e tem muitos ta pregando placa nao cristo deus e perdoador to contente com a vitoria mesmo tendo algum dizendo o diabo faz milagre tambem mais deus cohnhece os coracoes e o home nao entao deua ta com todas voz deus disse vai mulher e nao peques mais quem nao tem pecado atirre a primeira pedra ela foi umas das mais fiel e vamos ser fiel porquer se um de nois pecar temos um adivogado e juiz para nos jugar nao o home deus abencoi a todos

      Responder ao comentário

  • Postado em 2014-03-04 12:07:14

    Tenho certeza que Deus habita também no meio do povo do ministério de Jandira, sou nascida e criada na graça, percebo que os irmãos do ministério da congregação querem mandar na obra de Deus.

    Responder ao comentário

  • Postado em 2014-02-22 19:56:36

    eu procuro apenas servir a Deus. acho q meu direito é vida eterna. nem me preocupo se tem irmaos do ministerio aprontando porque eles que acertem com Deus.

    Responder ao comentário

  • Bueno

    Postado em 2013-12-09 20:11:25

    a PdD
    - A Verdade sobre a falsidade"
    --(...) quanto às informações sobre a falta de ética e inidoneidade das condutas de alguns do "santo ministério", é verdade sim. todas informações principalmente sobre a fraude do Jorge Curi, para se apoderar da presidência da igreja e derrubar o José Nicolau, é verdade... sobre o furto de coletas R$ 80.000,00 reais por parte do diácono do brás e acobertado pelos demais, tb é verdade, confirme no site do Tribunal de Justiça, (pesquise em nome de Geremias Guido"

    Responder ao comentário

    • Postado em 2014-04-11 12:04:18

      que safadeza se isso é verdade mesmo?

      Responder ao comentário

    • Bueno

      Postado em 2014-04-09 15:04:47

      a PdD!
      - segue dados do processo:
      Processo: 0024064-17.2006.8.26.0050 (050.06.024064-4)

      Classe: Ação Penal - Procedimento Ordinário

      Área: Criminal

      Assunto: Apropriação indébita
      Local Físico: 13/09/2012 21:05 - Cartório - Prateleira - conferir
      Distribuição: Prevenção - 11/03/2009 às 15:57
      16ª Vara Criminal - Foro Central Criminal Barra Funda
      Outros números: 583.50.2006.024064, 05006024064400
      Dados da Delegacia: Boletim de Ocorrência nro. 175/2006 - 8º Distrito Policial - Brás - São Paulo-SP
      Autor: Justiça Pública
      Réu: Rubens Guido
      Réu: Jeremias Guido
      Vítima: Congregação Cristã do Brasil
      .........................................................
      Sentença: tópico final:

      Sentença Proferida
      Condenatória - Julgo PROCEDENTE a presente ação penal que a Justiça Pública move contra RUBENS GUIDO e outro , qualificado nos autos, para, com base no artigo 168, § 1º, inciso III c.c. o artigo 29, todos do Código Penal, condená-la à pena de (01) um ano e (04) quatro meses de reclusão em regime ABERTO, substituída a pena privativa de liberdade por restritivas de direitos consistentes em prestação de serviços à comunidade pelo mesmo prazo da pena privativa de liberdade (um ano e quatro meses), bem como prestação pecuniária em favor da vítima, Congregação Cristã do Brasil, no importe de dois salários mínimos, além ao pagamento de (13) treze dias-multa, cada qual no valor de um trigésimo do maior salário mínimo mensal vigente ao tempo dos fatos. Faculto ao acusado a oportunidade de recorrer em liberdade, observado, sobretudo, a espécie da pena aplicada e o regime fixado na hipótese de eventual conversão da pena restritiva de direito em privativa de liberdade, circunstâncias incompatíveis com o recolhimento ao cárcere.

      Responder ao comentário

    • Postado em 2014-04-03 15:01:57

      Desculpe, mas eu entrei no tribunal de justiça e não encontrei nada do que vc esta alegando Bueno!!! Pelo contrário... olha o que eu encontrei: A 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão da Comarca de Iguape e negou pedido de um homem que pretendia receber indenização por danos morais da Congregação Cristã no Brasil, pois teria sido impedido de confessar sua fé pública e verbalmente.

      O autor alegava que o líder da organização religiosa vetou sua participação como integrante da orquestra de músicos e o proibiu de dar qualquer tipo de testemunho em voz alta perante os demais integrantes da igreja, tais como agradecer a Deus por alguma graça alcançada ou orar em voz alta. Sustentava que as restrições violariam os princípios constitucionais da liberdade de culto, de expressão e de crença.

      A Congregação Cristã afirmou que não praticou nenhum ato ilícito, apenas seguiu sua doutrina e dogmas, pois o homem não entregou documento necessário para se integrar à comunidade -- carta de apresentação do núcleo religioso que frequentava anteriormente, que indicaria que é batizado, entre outras questões.

      De acordo com o voto do relator do recurso, desembargador Edson Luiz de Queiroz, “a questão do processo não envolve liberdade religiosa, mas, respeito às normas internas da congregação a que o autor aderiu voluntariamente”. Para o magistrado não há prova de ocorrência de fatos que pudessem caracterizar prejuízo moral.

      O julgamento do recurso teve votação unânime e também contou com a participação dos desembargadores Erickson Gavazza Marques e José Luiz Mônaco da Silva.



      Apelação nº 0000054-30.2011.8.26.0244



      Comunicação Social TJSP – CA (texto) / AC (foto ilustrativa) / DS (arte)

      imprensatj@tjsp.jus.br

      Responder ao comentário

      • Bueno

        Postado em 2014-04-09 15:02:31

        a Paz de Deus !



        Desculpe, se você não sabe pesquisar não fique falando besteira;

        - segue abaixo dados do processo criminal contra os estelionatários do Brás:
        "Processo: 0024064-17.2006.8.26.0050 (050.06.024064-4)

        Classe: Ação Penal - Procedimento Ordinário

        Área: Criminal

        Assunto: Apropriação indébita
        Local Físico: 13/09/2012 21:05 - Cartório - Prateleira - conferir
        Distribuição: Prevenção - 11/03/2009 às 15:57
        16ª Vara Criminal - Foro Central Criminal Barra Funda
        Outros números: 583.50.2006.024064, 05006024064400
        Dados da Delegacia: Boletim de Ocorrência nro. 175/2006 - 8º Distrito Policial - Brás - São Paulo-SP
        Autor: Justiça Pública
        Réu: Rubens Guido
        Réu: Jeremias Guido
        Vítima: Congregação Cristã do Brasil
        .........................................................
        Sentença: tópico final:

        Sentença Proferida
        Condenatória - Julgo PROCEDENTE a presente ação penal que a Justiça Pública move contra RUBENS GUIDO e outro , qualificado nos autos, para, com base no artigo 168, § 1º, inciso III c.c. o artigo 29, todos do Código Penal, condená-la à pena de (01) um ano e (04) quatro meses de reclusão em regime ABERTO, substituída a pena privativa de liberdade por restritivas de direitos consistentes em prestação de serviços à comunidade pelo mesmo prazo da pena privativa de liberdade (um ano e quatro meses), bem como prestação pecuniária em favor da vítima, Congregação Cristã do Brasil, no importe de dois salários mínimos, além ao pagamento de (13) treze dias-multa, cada qual no valor de um trigésimo do maior salário mínimo mensal vigente ao tempo dos fatos. Faculto ao acusado a oportunidade de recorrer em liberdade, observado, sobretudo, a espécie da pena aplicada e o regime fixado na hipótese de eventual conversão da pena restritiva de direito em privativa de liberdade, circunstâncias incompatíveis com o recolhimento ao cárcere.

        Responder ao comentário

  • Postado em 2013-11-29 00:14:44

    sim perdoamos nao so o portugues mas todos merecem o perdao aceitando jesus. o que nao podemos confundir na lingua portuguesa e explesoes como nazireu e nazirismo com a nazista e nazismo grande diferença narizeu siguinifica nazir נזיר da raiz nazar
    נזר "consagrado",
    "separado" ), dentro da
    Torá é o termo que
    designa uma pessoa que
    consagra-se a Deus por
    um tempo determinado.ou seja escolhido de Deus. agora ja o nazista O INÍCIO DO TERROR
    NAZISTA
    Depois que Adolf Hitler
    tornou-se chanceler da
    Alemanha, em janeiro de
    1933, ele agiu rapidamente
    para transformar o país em
    uma ditadura com um
    único partido, e organizou
    uma força policial
    especialmente para
    garantir que as políticas
    nazistas fossem aplicadas.
    Ele persuadiu seu gabinete
    a declarar estado de
    emergência e a abolir
    direitos individuais,
    incluindo a liberdade de
    imprensa, de expressão e
    de reunião. Os indivíduos
    perderam o direito à
    privacidade, o que
    significava que os nazistas
    podiam ler suas
    correspondências, escutar
    suas conversas telefônicas
    e revistar suas casas sem
    necessidade de mandado de
    busca ou apreensão.
    Hitler dependia do terror
    para atingir seus objetivos.
    Atraídos pelos salários,
    sentimento de
    companheirismo e
    uniformes bonitos, dezenas
    de milhares de jovens
    desempregados vestiram as
    camisas marrons e
    colocaram as botas de
    couro das Tropas de
    Choque nazistas
    ( Sturmabteilungen ),
    chamada de SA, Aqueles
    “policiais auxiliares” saíam
    às ruas para agredir e
    executar os que eram
    contra o regime. O medo
    das SA garantia o silêncio
    dos alemães que não
    apoiavam os nazistas. tomara a Deus que nazismo nunca mais. jesus veio perdoar salvar grego,judeu,portugues,africano,japones,americano,indio,etc. perdoar,salvar ! bem deferente do termo matar.

    Responder ao comentário

    • Postado em 2013-12-12 21:21:44

      A CCB é Nazista, superioridade da raça beriana. Lavagem cerebral, estupro sentimental, traumas as vezes ireversiveis. Bem vindo a falsa graca, voce foi predestinado. Zumbis da falsa graça, não tem amor a proximo, os fracos não se fortalece, se arrebentam nessa denominacao religiosa. O estupro sentimental é um crime, tenho pena de quem entregou seu sentimento a falsa graça
      A corrosao mentel, e sentimental violentessima, mas eu consegui me livrar desse local doente, graça a meu amigo e a rocha verdadeira da escritura. CCB nunca mais mais, mas quero que o eterno proteja as ovelhas inocentes do estrupo sentimento. Não desejo isso nem pro meu pior inimigo pois o estrago é imenso.

      Responder ao comentário

  • Postado em 2013-11-10 19:26:03

    que verguenza!! la ccb sigue dividiendose, que va a pasar en el futuro??cuantas ccb bamos a tener?? pero siguem molestando en la argentina!! porque primero solucionan sus problemas y despues vengan a hablar de , no tienen verguenza!! retirense de argentina, no los queremos mas! dejen a la argentina!! son insoportables!!

    Responder ao comentário

  • Postado em 2013-11-05 22:46:53

    me perdoa se seu escrever errado.sou meio indouto ainda. mais um comentario pesquisei na net o nome jandira siguinifica (produtora de mel) quando soube disso lembrei duma pregaçao de uma pessoa indouta mais cheio da revelaçao de Deus que comparou a igreja como abelhas que produsian mel. comparou o mel como gloria que sai da nossa boca . e o alheio como uma vespa que veio para tirar roubar o mel. mas a comunhao da igreja e comparou com o calor das abelhas que reunidas. chegava numa certa temperatura que queimava a vespa ladrona de mel. isso foi uma professia que saiu dun pupito antes de existir ccb jandira.

    Responder ao comentário

    • Bueno

      Postado em 2014-03-29 09:51:51

      ....o seu raciocínio está errado. antes de existir Jandira já havia muitas outras dissidências... muitas...
      - aliás, o próprio nasceu de uma dissidência da Presbiteriana...
      então,
      - não seria o Brás a Vespa que atacou a Presbiteriana primitiva ??? hein ????

      - vocês se sentam sobre o próprio rabo e apontam o dos outros... kkkkkkkkkk

      Responder ao comentário

      • Postado em 2014-04-10 01:33:08

        pertenci a ccb durante 12 anos. minha vida parou no tempo. muita lavagem cerebral . esse povo discrimina a todos, uma denominaçao muito preconceituosa. quando deixei de frequentar ninguém se importou.

        Responder ao comentário

  • Bueno

    Postado em 2013-11-05 20:41:09

    a Paz de Deus !!
    - concordo plenamente com o comentário abaixo.
    - gostaria de pedir aos irmãos que façam uma analise criteriosa, sem preconceitos, sem revanchismos, com luz, com discernimento, com imparcialidade.
    - o que temos então??
    - temos a CCB Ministério de Jandira;-
    - CCB Ministério do Brás e
    - CCB ministério do Brás Renovada (com o Hinário 5)...
    e brevemente teremos a
    - CCB Brás renovada, com Hinário 5 e Estatuto Renovado, segundo Jorge Couri.

    Responder ao comentário

    • Postado em 2013-11-15 09:49:47

      estranho essas Igrejas mencionadas acima!

      Responder ao comentário

    • Postado em 2013-11-07 18:24:36

      CCB Bras Renovada, Estatuto Renovado, segundo Jorge Couri???? Que isso?

      Responder ao comentário

      • Bueno

        Postado em 2013-11-12 22:12:50

        a Paz de Deus !

        ...CCB RENOVADA SEGUNDO JORGE COURI, quer dizer que brevemente teremos outra grande modificação nas estruturas da Congregação Crista no Brasil administrada pelo Brás. O ancião da minha comum disse do púlpito que o Brás já designou um grupo para estudar a modificação do atual estatuto...

        Responder ao comentário

        • Postado em 2013-11-15 09:47:53

          tem certeza, é estranho essa informação, nem todas as coisas que está na internet é verdade.. se puder falar, na onde é a sua Comum Congregação?

          Responder ao comentário

          • Bueno

            Postado em 2013-11-21 08:55:54

            a PdD "

            - é verdade o que foi dito sobre a renovação dos Estatutos, criando uma nova igreja, sob um novo estatuto.
            - essa informação foi dada pelo ancião Paulo Placido Rodrigues do Jardim Paulista, e eu acreditei nele...

            - quanto às informações sobre a falta de ética e inidoneidade das condutas de alguns do "santo ministério", é verdade sim. todas informações principalmente sobre a fraude do Jorge Curi, para se apoderar da presidência da igreja e derrubar o José Nicolau, é verdade... sobre o furto de coletas R$ 80.000,00 reais por parte do diácono do brás e acobertado pelos demais, tb é verdade, confirme no site do Tribunal de Justiça, (pesquise em nome de Geremias Guido"

            Responder ao comentário

            • Postado em 2013-11-26 22:31:27

              Ir. Bueno, o ir. sente de passar seu email,? poderemos conversar melhor.. Fernando..

              Responder ao comentário

              • Bueno

                Postado em 2013-12-04 08:18:40

                segue meu email "f.bueno.arruda@bol.com.br" agd ctt

                Responder ao comentário

                • Bueno

                  Postado em 2014-03-29 20:50:57

                  a Paz de Deus !!!

                  - estou muito preocupado, aliás, preocupadíssimo: - um irmão pediu meu email para me censurar... pode ?

                  Responder ao comentário

                  • Postado em 2014-04-11 16:50:39

                    Eu pedi seu email apenas para conversar sobre alguns assuntos, e não para censurar... Deus o Abençõe!

                    Responder ao comentário

                  • Postado em 2014-04-04 21:55:34

                    A ditadura não gosta para nada da Democracia.Jesucristo já pideu para o PAI, perdoalos porque não sabem o que fazem.No Céu emtraram os limpos de mãos e os puros de coração.

                    Responder ao comentário

              • Bueno

                Postado em 2013-11-30 21:33:37

                Olá, a PdD,
                segue meu email "f.bueno.arruda@bol.com.br
                - agd seu ctt.

                Responder ao comentário

              • Bueno

                Postado em 2013-11-29 10:48:54

                ola, a PdD
                - queira me desculpar, fiquei alguns dias sem entrar no site, e somente agora vi que vc pede meu email p/ entrar em ctt.
                então, será uma satisfação trocar idéias..."f.bueno.arruda@bol.com.br"

                Responder ao comentário

            • Postado em 2013-11-26 22:25:04

              Quanto o estatuto, teremos sim um novo estatuto, isso não quer dizer que é uma nova Igreja. será um novo Estatuto da CCB..

              Responder ao comentário

  • Postado em 2013-11-03 15:21:57

    Tempos de Mudanças
    Muitos pensam, que a Congregação de Jandira e diabólica, e não vai ver si e verdade tudo o que se fala, porque só falam o que ouviram de algum ancião, diácono cooperador de alguma CCB Brás, e como sempre e o mesmo jeito de viver, falar sem saber, contar historinhas que outros falaram, e afirmar o que nunca vimos. Somos testemunhas das coisas que outros dizem, estamos acostumados a isso.
    Agora si nos vemos na historia do evangelho, vamos perceber como tudo foi mudando no tempo a corrupção do homem foi entrando e nos distintos tempos a igreja mudou de nome, não por causa de Jesus mais sim por causa da corrupção do homem mesmo.
    Depôs da morte de Jesus os apóstolos continuaram pregando o evangelho, eles não deram conta de anunciar sem perceber que algumas das doutrinas dos judeus irem juntas, não porque eram pessoas mal, mais pelo pouco entendimento que eles tinham mesmo andando com Jesus, muitas coisas não entenderam por isso Deus chamou o apostolo Paulo o qual não foi considerado Apostolo pelos Apóstolos que estiveram com Jesus, mais a vocação dele o conhecimento, a coragem que ele tinha era mais que os mesmos que caminharam com Jesus, mesmo que Paulo não conheceu Jesus em pessoa, já que ele nasceu depôs da morte de Cristo.
    Agora, o Paulo não foi para Jerusalém assim que foi batizado, primeiro orou e jejuou no deserto, depôs de 14 anos ele se reúne com os outros apóstolos em Jerusalém, mortos Paulo e outros Apóstolos, vendido por alguns que se falavam de irmos, a igreja romana pega o domínio da religião, para depôs vir à inquisição, tempo que todos eram mortos pela Igreja romana para aquisição de poder, terras, jerarquia na sociedade e demais, propósitos políticos e econômicos, que e relacionado com o poder e gloria humana para ficar de lembrança na historia.
    Depois veio Martin Lutero para poder recuperar o que se tinha perdido, logo a igreja se corrompeu de novo, e entre outros chegou o irmão Franciscom que depois dos Estado Unidos, foi primeiro para Argentina onde fico formada uma igreja chamada Assembleia Crista 1909 (que ate hoje existe tendo mais de mil igrejas, dentro da Argentina), depôs foi para o Brasil, e começou a Congregação Crista 1910, para no ano 1963 começaram um grupo da Assembleia Crista, formar parte de CCB Brás, o que hoje seria a “Congregación Cristiana en la Argentina”, saída da Assembleia Crista.
    E vamos vendo a luta pelo poder não terminou só ali, hoje vemos a luta que vai tendo para poder afirmar a verdade.
    Nesta historia entra o CCB Brás, mudando de ministério e chegando a um ministério corrupto que busca o poder e fazer historia deixar seus nomes na lembrança como no hinário 5, só que não e uma boa lembrança, porque vemos todos os dias o que eles fazem sem que ninguém possa falar nada, si alguém falar si for de ministério eles busca de tudo para sentar, si não for busca de tudo para tirara a liberdade, e ate mandar embora da igreja, porque os que querem falar a verdade são mandados embora da igreja, e tudo tem que passar por eles, vão a outros países, para agredir, obrigar, a fazer o que eles querem e do jeito que eles pensam, si não for assim eles mesmo destitui, abandona, e quando alguém quer pedir alguma explicação do que esta acontecendo porque eles fazem coisas erradas, eles só ficam em silencio, e no pior dos casos, falam que eles manda que Deus dessa autoridade para eles e o que eles fazem esta feito, eles falam assim em outros países, que si eles ligar esta ligado nos céus e si eles desliga dos céus, para muitos ter medo e ficar com medo ¿que ignorância ne? Isso estamos vivendo nesses últimos tempos por parte da CCB Bras.
    Nessa soberbia da CCB Brás nasce o ministério de Jandira, o qual começou com a verdade, com amor, quando o Brás falou mal deles, ficaram em silencio, em outros países na reunião de ministério se fala que os da CCB Jandira separaram porque não querem obedecer à doutrina de Cristo e não explica quais pontos de doutrina, e não falam à verdade, que a CCB Brás, só quere sumiços que não pergunta pela verdade e não fale nada dos atos corruptos que eles cometem sem querer dar explicações.
    A CCB Jandira ira crescendo muito, na medida em que crescer a CCB Brás vai ceder coisas que nunca deixaria como a irmãs tocar, já quase proibido fazer busca de Dons, esta liberando de novo de aos poucos sem falar nada para a irmandade não perceber, manifestação dos dons de Deus, também, porque eles viram que alguém ainda esta lutando pela verdade que esqueceram por amor ao poder, e muitos estão abrindo os olhos e saindo da escravidão para passar na verdadeira liberdade de espirito.
    Hoje a igreja de Jandira tem dupla missão, uma de levar a verdade para frente, aquela que o Brás abandonou com a entrada dos Couri e seus aliados no ministério principal do Brás. E a outra, na medida em que Jandira vai crescendo o Brás procura ceder em tudo para que a irmandade não abra os olhos e emigre para a igreja da verdade hoje que e Jandira.
    Não devemos esquecer a rivalidade que existe dentro da mesma congregação entre São Paulo e Paraná, nas reuniões dos mais velhos se fala temos que mostrar para irmandade que estamos unidos, em quanto o Paraná quando não quer fazer alguma coisa ameaça que vai se separar. Na verdade quem tem que ver a união e Deus, porque a irmandade percebe o que acontece e como foi ensinada a não falar nada, por medo, por desconhecimento, porque não sabe que pode reclamar e pedir explicações, entre outras coisas, como pensar que o ministério e santo e tudo o que eles fazem e verdade, si eles errar temos que esperar em Deus, em quanto si nos errar temos que morrer sem liberdade, porque eles nunca vão nos ouvir.
    Em fim Jandira tem a missão hoje de levar a verdade, e aprender de todos os erros que o Brás cometeu e continua cometendo, para não fazer, respeitar a irmandade, dar a importância que eles merecem missão de servo e servir, hoje o ministério quer ser servido, e não e assim.
    Levem essa verdade bem alto, porque na medida em que a irmandade da CCB Brás perceba que a verdade foi embora da CCB Brás eles mesmo vão procurar, porque o povo e simples mais não bobo, então si a vossa missão e a verdade isso mesmo tem que fazer levar a verdade, como simplicidade, amor, sem procurar o poder. Nessa simplicidade que vocês começaram, vai por tudo o mundo levar a verdade, a esperança e vida, mesmo que falam que vocês são desobedientes, isso não afeta porque amor só se mostra com obras e não com palavras.
    Vamos pensar nisso.

    Responder ao comentário

    • Postado em 2014-04-03 15:46:50

      A ta.... então todo mundo é santo na ccb jandira?????? todo mundo tem amor e caridade??????? me poupem.... em todas as igrejas existe o joio e trigo, se vc sairam da ccb verdadeira foi por que quisera, e não por todo mundo de lá é errado......aff

      Responder ao comentário

    • Postado em 2013-12-20 22:07:10

      jandira!! y argentina para cuando??

      Responder ao comentário

  • Postado em 2013-10-29 11:50:51

    UZAR NOME DA CCB ETE QUE PODE MAIS TEM QUE COLOCAR NO FINAL MINISTERIO JANDIRA MAIS ISTO NÃO ENGANA NINGUEM

    Responder ao comentário

  • Musico

    Postado em 2013-10-24 19:42:48

    Parabéns para os anciães do Brás ????
    - a Justiça reconheceu que o Brás estava errado, e que o Ministério de Jandira tem o direito de usar o Nome "Congregação Cristã no Brasil"....
    - portanto,
    PARABÉNS PARA OS IRMÃOS DE JANDIRA !!!!!

    Responder ao comentário

    • Postado em 2014-04-03 15:06:43

      Pode até usar o cod nome congregação cristã no brasil, mas sempre seram os de JANDIRA, a igreja falsa, copiona, os revoltados que se rebelaram, um bando de rebeldes!!!!

      Responder ao comentário

    • Postado em 2014-02-19 14:15:56

      A justiça do homem , não é a justiça de Deus !! Esta escrito que o homem é falho . Assim como o ministério do Brás pode ter errado . "Apresente ao homem o dinheiro e veja quem ele é de verdade" os irmãos podem ter corrompido , mais Deus aponta onde esta para que nós verdadeiros irmãos da Congregação não fiquemos confundidos nem tão pouco envergonhados !!
      O senhor anunciou em um culto no inicio do ano passado que uma nossa assembleia estava se levantando e que a mesma iria ser como o Joio no meio do trigo . Mas, quem ouve e sente Deus vivo dentro do seu coração não perecerá jamais por que seguimos a voz do altíssimo e não do homem de Jandira .
      Que diga-se de passagem pra mim ; Não passa de uma ceita para anjos Caídos .
      Onde tudo pode ,menos entrar no Céu . Ainda não sou batizada na congregação , mais cresci lá dentro da doutrina e sei disernir quando DEUS fala , e Quando o homem fala.
      Oremos irmãos por que o mundo jás é do MALIGNO !!!! Mas lembrem -se que TUDO é permissão de Deus nosso unico e altíssimo Rei.

      Responder ao comentário

      • Postado em 2014-04-03 15:19:15

        Concordo plenamente!!! Deus te abençoe!!! E a verdade para eles doíii que só vendo!!!!

        Responder ao comentário

  • Postado em 2013-10-24 11:46:52

    TUDU QUE ESCREVER AQUI NAO CONVENCE NIMGUEM PORQUE O POVO NÃO BESTA TAMOS VENDO QUEM TA ATRAZ DE SALVAÇÃO E QUEM TA ATRAZ DE FAMA DINHEIRO PROPAGANA ENGANOSA SEITA IGUAL A TODAS RADIO TAQUI A POUCO TV CULTO EM PRAÇA PUBLICA CARRO DE SOM NA RUA UMA COISA VEM ATRAZ DA OUTRA DEVAGAR VAI ENTRANDO MAIS TUDU E PERMIÇÃO DE DEUS MUITOS SERÃO ENGANADOS MAIS OS FIEIS PERMANECERÃO , DESCULPE O PORTUGUES,

    Responder ao comentário

    • Postado em 2013-11-03 02:30:47

      retardado, se não sabe escrever, não se mete a dar opinião

      Responder ao comentário

      • Postado em 2014-04-03 15:20:40

        É anjo caído age assim mesmo, não tem amor... e ai xinga, da pra ver como é esta igreja de vcs de jandira...

        Responder ao comentário

      • Postado em 2014-02-22 20:00:50

        chama o caro irmao de retardado e ele nem responde por se um servo de Deus vivo. mao serve esse Deus q vcs estao criando. so na imaginaçao pq ele é morto

        Responder ao comentário

      • suzana

        Postado em 2014-02-19 14:21:01

        Olha só , isso por que é crente . Insultando o irmã de RETARDADO?! É assim o AMOR que pregam no seu PÚLPITO ??
        Só o Justo !!!!

        Responder ao comentário

      • Postado em 2013-11-08 14:18:35

        DEUS ABENÇOE TUA EDUCAÇÃO

        Responder ao comentário

  • Postado em 2013-10-19 18:23:02

    QUANDO O CIUME PEGOU O JOSUE MANDOU MOISES MANDAR O POVO QUITAR PARAR DE PROFETIZA MAS MOISES DISSSE TEM CIUME DO ESPIRITO SANTO POR MIN QUEM DERA TODO POVO FOCE PROFETA E TIVESSE O ESPIRITO DE DEUS. JA PAULO MANDO TODO MUNDO BUSCAR O DOM DA PROFESSIA PELO ESPIRITO. JESUS FEZ A OBRA. SAUL QUANDO TOMADO PELO ESPIRITO DE CIUME ARMO CILADA PARA DAVI MAS DEUS O ESCONDEU E PREPARO UM EXERSITO COM O POVO QUE FOI TOCADO ENDIVIDADO E FORAGIDO POR CAUSA DO MAL REINADO DE SAUL. MARCHOU COM A ESPADA DE GOLIAS NA MÃO COMEU PÃO DA CASA DO SENHOR, MARCHOU COM OS FILISTEU SE FEZ DE DOIDO MAS A REVELAÇAO E O ESPIRITO SANTO TAVA EN SUA ALMA E ISSO QUE VALE. QUANTAS PANCADAS LEVOU O ESPIRITO SANTO E AQUELES QUE O DEFENDEN E CILADAS NESSES ULTIMO DIAS. INTRISTECENDO O DON DE DEUS. MAS VEIO PARA OS SEUS E OS SEUS NÃO RECEBEU.MAS QUEM BUSCA ACHA CONFORME AS OBRAS. ESSA ULTIMA PALAVRA CORTA NOS DOI CINTIDOS. DEU PRA CINTIR O FIO DA ESPADA CORTA ATE UM FIO DE CABELO QUE ESTÃO TODOS CONTADOS. MAS DEUS PERMITIU QUE DAVI CORTACE SO UM PEDACINHO DO MANTO. PARA SAUL REFLETI NAS SUA OBRAS. QUANTOS TOMA O LUGAR DO ESPIRITO PONHANDO UM TITULO COMO UM MANTO SAUL QUIS TOMAR O LUGAR DE SAMUEL SAMUEL DEU A COSTA PARA ELE ELE RASGOU O MANTO DE SAMUEL . DEUS FALOU ASSIM DEUS RASGOU SEU REINADO . TODA OBRA TEM UMA RECOMPENSA SAUL DORMIU E DAVI LHE RASGOU O MANTO . LOGO DAVI REINOU. NÃO E SAMUEL MAIS E DAVI QUE ESTA ENTRE NOS E JESUS AQUELE QUE NOS QUER PARA CI.

    Responder ao comentário

  • Ernesto lopes gomes

    Postado em 2013-10-19 17:45:13

    eu esperava em Deus isso ai

    Responder ao comentário

  • Postado em 2013-10-18 17:01:30

    AINDA BEM QUE OS ANCIÃO DO BRAZ TEVE A GUIA DE DEUS, PORQUE SE DEIXAS ESTES ANCIÃO NO MINISTERIO COITADO DA IRMANDADE IA COMER COMIDA ESTRAGADA SEMPRE,

    Responder ao comentário

  • Postado em 2013-10-10 15:45:35

    esta foi p/ acabar mesmo depois deste culto no radio depois deste site depois daquele video do irmão samuel as coisa fora encachando agora da para ver o negocio e dinheiro salvação em segundo plano CCB BRAZ em primeiro lugar ancião do braz guiado por DEUS,

    Responder ao comentário

  • Postado em 2013-10-05 11:52:21

    ÃGORA VEJAMOS QUE OS IRMÃOS DO BRAZ TAVA GUIADOS POR DEUS, DEPOIS DESTA RADIO TANTOS PECADORES C/ LIBERDADE PODEMOS FALAR PARABENS IRMÃOS DO BRAZ

    Responder ao comentário

  • Postado em 2013-09-27 18:29:41

    A paz de Deus.
    Fico feliz com isso. Temos que entender que "todos os caminhos têm o mesmo fim" ou seja ao terminar a terra todos terminarão mas a salvação está em Deus através de Cristo. Nasci na CCB original mas vejo que assim como Luther levantou os problemas da igreja católica estava na hora de alguém levantar o nepotismo da CCB.
    Caros irmãos peço a Deus que os ilumine para não apresentarem parentes para o ministério e depois dizer que foi Deus que indicou.
    Saudações de um Crente em Cristo. Amem!

    Responder ao comentário

  • Postado em 2013-09-27 17:15:46

    sia ringraziato Dio per quato ha fatto per la verità un saluto con la PdD a tutti i fratelli da Ragusa Sicilia siamo in come con ifratelli di Jandira

    Responder ao comentário

  • IRMÃO DA CCB BRÁS

    Postado em 2013-09-26 17:13:37

    QUERO PARABENIZAR OS IRMÃOS DO MINISTÉRIO DO BRÁS PORÍS TEM CIDO GUIADOS POR DEUS VERDADEIRAMENTE...ESSE NOVA CCB Q SURGIU É UMA FARSA...MAS UMA DENOMINAÇÃO CONSTITUIDA PELA VONTADE DO HOMEN...MA CCB JANDIRA PODE TUDO É TUDO LIBERADO...VEJA LÁ SE DEUS VAI ESTA EM MEIO A UM POVO REBELDE E DESOBIDIENTE COMO OS DA JANDIRA....ELES BUSCAM A SUA PRÓPRIA GLÓRIA E ESTÃO CONSEGUINDO MAS VAMOS VER SE NO DIA DO JULGAMENTO DIANTE DE CRISTO OQ ELES IRÃO OUVIR...VINDE BENDITOS DE MEU PAI!!!OU PRA TRÁS DE MIM VÓS Q PRATICAIS A INQUIDADE POÍS NUNCA OS CONHECIR...IRMÃOS DO BRÁS CONTINUEM FIRME DE CABEÇA ERGUIDAS DEUS TEM GUIADOS VCS CONTRA ESSES FALSOS PROFETAS Q ESTA ENGANDO A IRMANDADE COM PRETEXTO DE AMOR...E SEM NEHUM PINGO DE SINCERIDADE E TEMOR A DEUS.

    Responder ao comentário

  • Postado em 2013-09-26 12:57:07

    irmãos a paz de DEUS, bom mesmo seria uma união dos dois ministérios e acabar com essa discução, congrego na ccmj mas confesso tenho muita saudade da ccb gostaria muito de poder congregar e tocar lá junto com meu pai e meu irmão, isso ainda não é possível, mas também antigamente não era possível uma igreja idêntica a ccb e hoje é uma realidade, estou muito feliz de estar congregando na ccmj, o amor para com todos é muito verdadeiro e não tem explicação um povo já tão grande e todos com o mesmo pensamento de resgatar almas que estão esquecidas, espero estar vivo para quem sabe um dia haver uma união dos ministérios e todos podermos congregar onde quisermos, DEUS abençõe á todos irmão ccb, ccmj, assembléia, etc

    Responder ao comentário

    • Postado em 2014-04-03 15:22:43

      NÃO TEM ESSE NEGÓCIO DE UNIÃO DE IGREJA.... CCB É UMA SÓ E PRONTO!!!

      Responder ao comentário

  • Fiel da CCB

    Postado em 2013-09-19 20:51:30

    JUSTIÇA SEJA FEITA.

    Responder ao comentário

  • Bueno

    Postado em 2013-09-19 20:40:21

    JUSTIÇA SEJA FEITA.

    Responder ao comentário

    • Postado em 2013-10-10 17:42:08

      Vi alguns comentários e cheguei a conclusão que a CCB esta longe de pregar a verdade. Um cego guiando muitos cegos. Muitos aqui falando que a igreja de Jandira só tem pecadores. O que é pecador???? Só de falarem isso ja estão pecando. Que vergonha! Jesus morreu na Cruz pelos salvos e não pela CCB. Bando de hipócritas! Se igreja leva á salvação, então a CCb esta na fila de muitas que vieram antes dela. Vão estudar mais as escrituras antes de falar asneiras aqui. Parabéns Jandira!!!!!!! Vou fazer uma visita para vcs! Sou CCB, mas não sou exclusivista, não conseguiram fazer lavagem cerebral em mim. Vergonha! Pecadores com liberdade!!!! Oi????? Eu li isso meu Deus!!!!

      Responder ao comentário

      • Postado em 2014-04-03 15:26:56

        Se vc fosse realmente da ccb entenderia!!!! Então de muda logo para a de Jandira

        Responder ao comentário

      • Postado em 2013-12-22 20:51:56

        que absurdo!! tudo isso! meu deus! quem é alguem na ccb bras para falar da ccbmj! se consideram os certos julgam, falam mais que lingua!

        Responder ao comentário

      • Postado em 2013-10-20 13:28:18

        esses estao na carne no dinheiro tb DEus esta vomitando esse povo do minesterio de jandira

        Responder ao comentário

      • cesar

        Postado em 2013-10-20 10:00:43

        Gostei do seu comentario!! Deus te abençoe!!!

        Responder ao comentário

        • cicera

          Postado em 2014-01-05 15:38:09

          so mais a ccb viu

          Responder ao comentário

          • kleber

            Postado em 2014-02-19 09:52:03

            A FORÇA DO PECADO É A LEI !!!

            Responder ao comentário

            • Postado em 2014-03-24 22:09:52

              Esse comentario não tem o menor fundamento.. " se dissermo que não pecamos nós inganamos e verdade não esta em nós" " quem nunca pecou que atira a primeira pedra" " A lei mostra aquilo que somos" " devemos seguir as leis dos homens" a verdadeira graçã é o perdão imerecido do pecador..o sangue do cordeiro veio para limpar nosso pecado" e muitas outra passagem nas escrituras, pena que muitos da CCB estão com a mente cauterizada. devido a lavagem cerebral da falsa graça.

              Responder ao comentário

            • KLEBER

              Postado em 2014-02-19 11:00:06

              OU SEJA, A LEI AJUDA O PECADO.

              Responder ao comentário

Ganhe um violino

Fale conosco